Logotipo Fábrica do Terror

Submissão de contos

Submissão de Contos

Publicamos ficção de terror original em português. Se há por aí uma história tenebrosa mortinha para sair da gaveta, queremos lê-la e partilhá-la com a restante família da Fábrica do Terror. Para enviar, basta ler as respostas às perguntas mais frequentes abaixo e responder ao formulário.

Perguntas mais frequentes

Atenção: As obras deverão estar escritas na variante de português europeu (português de Portugal).

Enviem-nos boas histórias (com princípio, meio e fim — não excertos de obras maiores) e bem escritas (com um bom uso de linguagem e devidamente revistas). Se a isto se juntar criatividade, têm uma combinação vencedora.

Podem submeter à Fábrica todos os cidadãos portugueses, bem como cidadãos estrangeiros a residir em Portugal.

Sabemos que as boas histórias não se medem em número de palavras, mas a Fábrica tem de ter espaço para todos os criadores de terror em Portugal que queiram partilhar a sua obra com o mundo. Por isso, pedimos que os contos não tenham mais do que 1000 palavras.

Todas as que queiram, mas pedimos que enviem uma história por formulário.

Sim, desde que a publicação original tenha autorizado o autor a fazer o que bem entender com a sua história. Indicamos, na Fábrica do Terror, onde e quando o conto foi publicado pela primeira vez.

Infelizmente, as tentativas de duplicarmos o nosso editor literário não têm corrido bem. Assim sendo, só conseguiremos dar retorno aos autores cujos contos forem selecionados para publicação na Fábrica do Terror.

Não nos podemos comprometer com prazos concretos, mas é relativamente seguro dizer que, se não houver um contacto até quatro semanas após a submissão, esta, com alguma probabilidade, não terá sido selecionada. O nosso editor literário, porém, tudo fará para que o contacto com os autores selecionados seja o mais célere possível.

Os direitos da obra permanecem com os seus autores. A única coisa que vos pedimos é que nos autorizem a publicá-la na Fábrica do Terror — com o vosso nome, claro. Ou pseudónimo, se não estiverem ainda preparados para partilhar o vosso lado mais obscuro com o mundo.

Apesar de a Fábrica do Terror seguir a nova ortografia no seu conteúdo editorial e comunicação, todos os contos serão bem-vindos. Estes devem apenas indicar qual o Acordo Ortográfico utilizado, para efeitos de revisão.

Formulário para contos

Se já publicaste um conto na Fábrica do Terror, a entrega da biografia não é necessária. Se não desejares publicar biografia, escreve apenas: N/A.

Gostaríamos de te identificar nas nossas redes sociais. Se estiveres de acordo, insere aqui os links para o teu Instagram e Facebook (separados por vírgulas)

CAPTCHA image

Isto ajuda-nos a prevenir o spam, obrigado.

Subscrever

Queres ser dos primeiros a receber informações?

Subscreve a nossa newsletter.